Dica 3

PARALELEPÍPEDO
Os paralelepípedos devem ser de granito de granulação fina ou média e com distribuição uniforme dos constituintes minerais.

Os paralelepípedos serão aparelhados de modo que suas faces sejam aproximadamente de forma retangular; devem ser isentos de “fios”, partes tenras (material em desintegração) e arestas quebradas, bem como apresentar som claro quando percutidos com um martelo.

Os fornecedores de paralelepípedos deverão submeter o seu material a aprovação previa da fiscalização, o qual poderá mandar executar os ensaios que julgar necessários para verificação das condições citadas anteriormente, também serão conferidos os materiais no momento da descarga.

A dimensão dos paralelepípedos deve estar compreendida dentro dos seguintes limites:

- Comprimento - 22,0 a 28,0 cm

- Largura - 11,5 a 15,0 cm

- Altura - 13,0 a 15,0 cm

O aparelhamento dos paralelepípedos deve ser feito de tal modo que estes, no assentamento apresentem juntas que não excedam a 15 mm na parte superior dos topos e de 25 mm na parte inferior destes ou em qualquer outra parte. A face de uso, não deve apresentar, sob uma régua sobre ele disposta em qualquer direção, depressões superiores a 10 mm.

Os paralelepípedos deverão obedecer às seguintes condições:

- Resistência à compressão simples: Maior que 1.000kg/cm2

- Peso especifico aparente Mínimo de 2.400 Kg/m3

- Absorção de água, após 48 horas de imersão Menor que 0,5% em peso.